Arquivo da tag: teste remoto

Testes de Usabilidade Remoto vs Testes em Laboratório para Leigos

Atualmente, o conceito usabilidade tem se expandido expressivamente devido aos visíveis benefícios oferecidos como: testagem rápida, identificação de falhas, coleta de opiniões, insights para novos recursos, testar concorrentes e por ai vai. Com base em nossa experiência, vamos explicar a diferença entre testes realizados remotamente e testes realizados em laboratório.

Geralmente, testes de usabilidade remoto são conduzidos no local onde o testador reside, ao contrário dos testes em laboratório, que são conduzidos em um ambiente monitorado por especialistas.

Sob o ponto de vista do cliente que precisa obter informações imparciais sobre seu sistema e decidir entre um método ou outro, testes de usabilidade em laboratório oferecem os seguintes prós e contras:

Prós:

  1. O teste pode ser conduzido em ambiente específico, o que auxilia na captação e monitoração do participante.
  2. O teste pode ser adaptado as condições específicas de cada cliente.
  3. Ajuda especializada.
  4. Monitoramento das expressões faciais dos participantes.
  5. Segurança dos resultados.

Contras:

  1. Alto custo devido os diversos elementos para elaboração do teste.
  2. Processo demorado por necessitar da presença física do participante.
  3. Filtragem limitada a participantes da região, selecionados de acordo com exigências do recrutador.
  4. Elaboração semi-automática dos resultados.
  5. Ambiente monitorado, podendo ocasionar opiniões parciais.

Segue abaixo um vídeo mostrando como testes de usabilidade em laboratórios funcionam:

 

Testes de usabilidade remotos por outro lado, oferecem os seguintes prós e contras:

Prós

  1. Testagem rápida. Se o ciclo de desenvolvimento de sistemas requer agilidade, testes remotos podem ser realizados online, geralmente em questão de poucas horas.
  2. Redução de custos. Como os teste são realizados remotamente, não é necessário uma estrutura física ou monitoramento do participante.
  3. Facilidade de acesso aos participantes, permitindo recrutamento global ou nacional, seguindo os critérios do recrutador.
  4. Resultados podem ser distribuídos facilmente.
  5. Comodidade para participantes e recrutadores.

Contras:

  1. Por se tratar de um teste remoto, as informações contidas no resultado podem ser comprometidas.
  2. Impossibilidade de captar expressões físicas.

Concluindo, ambos métodos devem ser considerados para aprimoramento de interfaces e sistemas em geral. Lembrando que testes em laboratório são mais demorados e custosos, embora ofereça segurança e auxilio especializado. Por outro lado, testes remotos oferecem melhor custo-benefício e devem ser utilizados quando o orçamento e tempo é escasso ou um número de participantes e maior abrangência são necessários.

Segue abaixo um vídeo mostrando como testes de usabilidade remotos funcionam: